Amelia Chardonnay 2008

A história de uma das marcas mais fortes do Chile começou em 1883 quando Don Melchor De Concha y Toro, um distinto advogado, empresário e político influente no país,  acompanhado de sua  mulher Emiliana Subercaseaux, fundou a vinícola com o nome de Marquês de Casa Concha, localizada na pré-cordilheira, perto da cidade de Santiago, com o objetivo de explorar o potencial da produção vitivinícola do vale do Rio Maipo, onde o clima era mediterrâneo e o solo aluvial. Ele importou as mais exclusivas mudas de uvas de Bordeaux, região francesa tradicional na produção dos melhores vinhos do mundo, plantou no vinhedo de Ponte Alta e contratou um importante enólogo francês, Monsieur de Labouchere, para preparar os seus primeiros vinhos. Nascia uma lenda.

amelia blogO maior e mais importante vinhedo do Chile foi pioneiro na produção de vinhos. Conta a história que uma praga devastadora arrasou as plantações na Europa de onde foram colhidas as mudas trazidas por Don Melchor. Por isso, apenas no Vale do Maipo, encontram-se as raras parreiras com as uvas que produzem o famoso vinho Don Melchor, que conquistou os críticos internacionais da bebida. Os vinhos produzidos tiveram sucesso imediato. Porém, foi o emblemático Casillero del Diablo, feito da uva Cabernet Sauvignon, que projetou o vinho chileno para o mundo. Foi em 1891, que Don Melchor criou o que é hoje um dos vinhos mais conhecidos mundialmente. A lenda que cerca este mítico e aclamado vinho, transformou os vinhedos do Chile famosos no mundo inteiro. No ano seguinte, com a morte do fundador, seu filho, Juan Enrique, assumiu o comando dos negócios.

O Amelia Chardonnay 2008, da vinícola concha y Toro, com visão brilhante e límpida amarelo palha, com reflexos dourados, seu olfato exibe notas de minerais e ervas combinados com frutas secas e especiarias, com um paladar elegante e de notável frescos, apresentandonotas de pêra, limão e melão, foi eleito o número um do mundo na degustação de vinhos de Moscou, realizada em novembro. O reconhecimento coloca o Amelia em uma posição de honra, na indústria vinícola mundial. 

Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.